Os Seminários

O objetivo da Fraternidade Sacerdotal São Pio X é “o sacerdócio, tudo o que se relaciona com ele e nada além do que se refere a ele” (Estatutos). Engloba, portanto, todos os trabalhos necessários para a formação dos candidatos ao sacerdócio realizada em nossos seminários internacionais.

Durante seis anos de vida litúrgica intensa, de estudos filosóficos, teológicos e pastorais, de vida em comunidade e com a direção espiritual, os futuros sacerdotes avançam rumo ao altar e se preparam para uma vida de apostolado ao serviço da Igreja e das almas.

Seis anos rumo ao altar
 

  • O primeiro ano de estudos espirituais dá aos candidatos os princípios da vida interior. É composto também por cursos introdutórios à Sagrada Escritura, à liturgia, ao canto gregoriano e ao latim, que seguem nos anos seguintes, e um curso especial sobre o Magistério da Igreja que expõe as grandes encíclicas papais sobre os erros modernos.
     
  • Depois, em dois anos de filosofia, estudam-se as matérias do programa tradicional de estudos escolásticos: lógica, ética, filosofia da natureza, psicologia e metafísica. As outras matérias do currículo são a apologética, a patrística, a eclesiologia e a história da Igreja, além de continuarem os cursos começados no primeiro ano.
     
  • Nos três anos seguintes de teologia, é estudada em profundidade a Suma Teológica de Santo Tomás de Aquino e os escritos dos autores tomistas clássicos. Nos cursos de teologia dogmática e de moral, os seminaristas conhecem a sabedoria de Deus e a alma de todo apostolado, além de seguirem os estudos de Sagrada Escritura, História da Igreja e Liturgia.

Itinerário sagrado

O sacerdote está feito para o Santo Sacrifício da Missa. A missa é sua vida e nela encontra sua espiritualidade: a imitação de Cristo que se oferece ao Pai para a redenção da humanidade. O seminarista orienta toda sua vida ao sacrifício da missa “com tudo o que significa, tudo o que dele emana e tudo o que o complementa.” (Estatutos II, 2).

A subida gradual do seminarista rumo ao altar está marcada pelas cerimônias de recepção da tonsura, das quatro ordens menores de hostiário, leitor, exorcista e acólito e das ordens maiores do subdiaconato e do diaconato, antes de receber o sacerdócio ao final do último ano de estudos.

Seis seminários internacionais

O primeiro e mais emblemático dos seminários da Fraternidade é o Seminário Internacional São Pio X, fundado em 1971 por Dom Marcel Lefebvre em Écône, nos Alpes suíços, no cantão do Valais. Sua grande igreja, consagrada em 2012, foi dedicada ao Coração Imaculado de Maria e os restos mortais do fundador descansam nos jardins do seminário.

Atualmente, os candidatos de língua francesa cursam o primeiro ano de espiritualidade no Seminário Santo Cura d’Ars, em Flavigny, França.

O Seminário do Sagrado Coração de Jesus é a casa de formação de nossos candidatos de língua alemã. Está situado em Zaitzkofen, Alemanha.

Os seminaristas de língua inglesa da Fraternidade se preparam para o sacerdócio no Seminário Santo Tomás de Aquino, em Winona, Estados Unidos, e no Seminário da Santa Cruz, em Goulburn, Austrália.

Na Argentina, perto de Buenos Aires, o Seminário Internacional Nossa Senhora Corredentora recebe nossos seminaristas de língua espanhola e portuguesa.