Cartas do Superior Geral

Carta do Padre Pagliarani após a publicação do motu proprio “Traditionis custodes”

Julho 26, 2021
Carta do Superior geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X após a publicação do motu proprio “Traditionis custodes”

Resultados da Cruzada de Oração 2020-2021

Abril 27, 2021
A Missa e as vocações, nossos tesouros! Caros membros da Fraternidade, caros fiéis, caros amigos,

Feb. 2021 - Carta do Superior Geral aos Amigos e Benfeitores, n° 90

Fevereiro 04, 2021
Caros fiéis, amigos e benfeitores,

Feb. 2021 - Carta do Superior Geral aos Amigos e Benfeitores, n° 90

Fevereiro 04, 2021
Caros fiéis, amigos e benfeitores,

Carta do Superior Geral aos Amigos e Benfeitores, n° 89

Fevereiro 29, 2020
Caros fiéis, amigos e benfeitores,

Nov. 2017 - Carta aos amigos e benfeitores nº88

Novembro 26, 2017
1517 – 1917: a revolta de Lutero e a revolução bolchevique à luz das aparições de Fátima

Abril 2017 - Carta aos amigos e benfeitores nº87

Abril 28, 2017
Caros Amigos e Benfeitores,

Jul. 2016 - Carta aos Amigos e Benfeitores n° 86

Agosto 06, 2016
1917-2017, Atualidade da mensagem de Fátima

Nov. 2015 - Carta aos Amigos e Benfeitores n° 85

Março 21, 2016
Queridos Amigos e Benfeitores, Estas últimas semanas nos mostram – com a multiplicação de atentados assassinos na Europa e na África, com a perseguição sangrenta de numerosos cristãos no Oriente Médio –, quão profundamente convulsionada está a situação do mundo. Na Igreja, o recente Sínodo sobre a família e a iminente abertura do Ano Santo não deixam de provocar legítimas inquietudes. Frente a tal confusão, cremos ser útil compartilhar nossas reflexões respondendo às suas perguntas. Consideramos que esta apresentação permitirá ressaltar o modo como nós, que somos devotos à Tradição, devemos reagir diante dos problemas planteados na atualidade.

Carta aos amigos e benfeitores n° 84

Março 11, 2016
Caros Amigos e Benfeitores, Não é necessário alongar-me muito para constatar o estado de crise em que se encontra nossa Santa Mãe Igreja. No entanto, nos últimos tempos, uma série de sinais preocupantes nos levam a crer que estamos entrando em uma fase mais intensa de desordens e confusão.

Páginas